Ai que saudade!


Acabei de ligar pra casa e meu filho quer porque quer me ver através do telefone, ele não se contenta em me escutar, quer me ver, e fica me procurando dentro dos buraquinhos do gancho.

E fica dizendo coisas ininteligíveis, mas deliciosas de ouvir.

Ai que saudade!

Só quem tem filho sabe de que tipo de saudade eu tô falando aqui - é daquelas que a gente não sente igual de ninguém no mundo.
É muito gostoso saber que nosso filhote também tem saudades, mas dá um aperto tão grandão aqui no peito, o coração fica partido e dá um nó - daqueles de marinheiro - na garganta!

Ai que saudade! Que vontade de chegar logo em casa...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Sobre mentiras e verdades