Nossos filhos - nossa responsabilidade


Já parou pra realmente cuidar do seu filho?

Presta mesmo atenção ao que ele vê na TV? A que jogos ele tem e gosta no videogame? Em que sites ele passa o tempo? Quem são seus amigos? Quais seus heróis favoritos?

É bom ficar de olho!

Pois é sua responsabilidade, pai e mãe, motivar seu filho a coisas sadias e santas. Sim, santas! Num mundo tão confuso e dominado pela violência e imoralidade é você que deve dar exemplo pra ele. De que adianta não querer que ele bata no coleguinha se você sempre assiste com ele filmes cobertos por sangue? De que adianta dizer pra ele que matar é errado, se você ocupa o tempo dele com jogos de assassinato no videogame? Como quer que ele tenha uma conduta honesta se o ensina a mentir e trapacear vendo novelas e filmes cheios de maus exemplos? Como querer que ele não se contamine com o mundo se você não dá bons exemplos? Como ensinar pra ele que não pode poluir o rio, se você sempre joga lixo na calçada?

Ih! São tantos maus exemplos que nossos filhos já têm da rua que ao menos em casa devemos protegê-los e ensiná-los da forma correta.

"Ensina a criança no caminho em que deve andar e mesmo quando for velho não se desviará dele." Já diz a Bíblia.

Quando criança é que temos nossos carater e personalidade moldados. Então, que seja feito com esmero, carinho, amor e, principalmente, atitude. Pois "o que a gente faz fala muito mais do que só falar." É dando exemplos de respeito ao próximo, atenção e cuidado com mais velhos, educação com os colegas, respeito às normas de conduta e às leis e etc que formaremos seres humanos melhores do que somos. E teremos muitos motivos pra nos orgulharmos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Nada pela metade