Os 15 mandamentos da pechincha

Pechinchar. O significado do termo vai além de questionar o preço de algo para reduzir seu valor. Ao pedir descontos, melhoramos a economia do país! Sim, porque, com reais a mais no bolso, gastamos em outras coisas e estimulamos o crescimento de mais empresas. Agora que você já conhece a importância de regatear, veja as dicas do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) para garantir os melhores preços.


1. Antes de ir às compras, pesquise preços em jornais, panfletos, encartes e sites.

2. Defina quanto pretende gastar e não abra mão do abatimento até chegar à quantia definida.

3. Conheça bem as características do produto. Isso torna a argumentação com o vendedor muito mais fácil.

4. Não demonstre entusiasmo em levar o produto. Se notarem a empolgação, não terá toda a dedução possível.

5. Diga ao vendedor que estápesquisando os preços e fará a compra com quem oferecer a melhor oferta.

6. Se achar caro, diga em alto e bom som logo no começo da conversa. Em geral,as lojas oferecem vantagens em seguida.

7. Mostre humildade. Entrar em guerra com o atendente não ajuda em nada.

8. Trate o vendedor pelo nome. Em geral, ele ganha por comissão. Demonstre que, se ajudá-la, você voltará sempre.

9. Ofereça alternativas, dispensando acessórios em troca de uma reduçãozinha no valor final do item que está sendo negociado.

10. Em troca de deduções, tente excluir alguns serviços desnecessários, como a entrega. Mas só faça isso se tiver como retirar o produto, certo?

11. Quem faz o preço é a loja e não o fabricante. Portanto, se o vendedor vier com o papo de o objeto ter valor tabelado, desconfie! E argumente, claro.

12. Fale com o gerente. Com ele, pode ser mais simples conseguir algo.

13. Mesmo depois de alcançar o desconto desejado, continue pechinchando – qualquer centavo a mais é lucro! Quando perceber que não conseguirá mais redução, conclua a compra.

14. Quanto mais tempo negociar, melhores serão os descontos! Ninguém quer perder a venda após passar um longo período negociando com o cliente. Outra dica: após conseguir o benefício, já com a carteira na mão, peça um brinde.

15. Pague os pertences à vista. Melhor ainda: utilize dinheiro!


É bom lembrar...

... quem tem o dinheiro é você – e o vendedor sabe disso. Portanto, mesmo
passando o maior tempo pechinchando, se não gostar das condições de pagamento, não leve o produto. A função da loja é ajudá-la. Por isso, não se sinta obrigada a adquirir o item só porque "perderam" tempo lhe atendendo.
Fonte: Revista Viva Mais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Faça o bem e dê amor