De A a B

 
Quero preciso e vou mudar a direção de quase tudo
Tomar um novo rumo, me lançar em outras aventuras e consolidar outras idéias
Estranheza e difícil de descrever é o que sinto em meu pequeno ser
Fragilidade ou força reconhecer que sozinha não sou nada?
Sei que em mim podes habitar e não quero mais reservas ter
Nem argumentos, desculpas ou frases feitas de covardia e motivos pra fugir
O porão da minha alma estava bagunçado até você aparecer
Não me encontrava nem conseguia decidir ou escolher saídas
Para deixar tudo que sou se tornar parecido com você
Não vou voltar atrás nem pensar em vazio de novo
Não quero ver nem mais conviver com rostos que fogem de mim
Vou enfrentar tudo de frente e de cabeça erguida
Já decidi onde vou e até como vou chegar lá
Em minha vida não tem mais espaço pra falsidade e especulação
Eu sou livre pra ser livre de tudo que não me faz feliz
Mundo a fora - me espera que estou chegando...
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Sobre mentiras e verdades