sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Dia das Crianças

Bicho não é brinquedo!
A colunista Juliana Bussab dá dicas importantes para pais que pretendem dar um animal para seus filhos no dia das crianças
Por Juliana Bussab
Com a proximidade do dia das crianças, muitos pais concordam em presentear seus filhos com o tão desejado bichinho de estimação. Mas, muita calma nessa hora, ter um animalzinho em casa é mais do que a diversão dos primeiros dias, você está preparado para isso?

Eles são fofos, peludos, macios e seus olhos dizem: me leva com você?

É assim que muitas amizades tem começo, em uma loja de animais ou durante a adoção de um cãozinho ou gatinho resgatado de rua. Para uns, essa amizade dura a vida toda, mas para outros, o final não é feliz.
Pessoas que compram ou adotam animais na empolgação, sem ponderar o compromisso que está assumindo, acabam se desfazendo mais tarde do bicho ao sinal do primeiro problema ou dificuldade, um sofá arranhado, um xixi fora do lugar e entregam para outra pessoa, ou, simplesmente abandonam em uma rua deserta qualquer, para esconder sua vergonha. Bicho não é brinquedo e, muito menos, lixo para ser descartado assim.

Compromisso para a vida toda

Se você está pensando em aumentar a família, a primeira coisa que precisa saber é que cães e gatos vivem, em média, 15 anos. Se você não pode assumir essa responsabilidade e cuidar dele até os últimos dias de vida, é melhor repensar se deve mesmo ter um animal. Cuidar de um bichinho também não é só dar água e comida. Eles precisam de atenção, cuidados veterinários, amor e segurança. Para ajudar nessa hora de decidir entre ter, ou, não um animal de estimação, segue uma pequena lista do que é importante saber antes de comprar ou adotar.

Condições financeiras

Você precisa estar preparado para as despesas com veterinário. Isso inclui: vermífugos, anti-pulga, vacinas periodicamente e castração uma vez na vida. Seu bichinho pode adoecer de repente e emergências custam caro. Se preciso, faça uma poupança.

Segurança

Cães e gatos são muito curiosos e podem tentar escapar para saber o que tem além do portão da casa. É nessa hora que são atropelados, envenenados, maltratados ou roubados. Sua casa deve ser a prova de fugas, com muros altos e redes nos portões.

Se você mora em apartamento, redes de segurança são item obrigatório. As pessoas ainda acreditam que os gatos devem viver soltos, com liberdade para passear pela vizinhança, porém isso só os coloca em risco. Um gato criado dentro de casa ou apartamento vive 15, 16, até 18 anos, já um gato que sai para passear, some ou é assassinado ainda jovem.

Alimentação

Seu bichinho vai precisar de uma ração de boa qualidade e adequada à sua idade. As rações premium e importadas são mais caras, mas garantem boa saúde, pêlos macios e previnem para uma velhice sem problemas urinários.


Viagens

Se você e sua família costumam viajar para locais que não permitem animais, melhor não tê-los, a não ser que possam deixá-los com amigos ou em hotéizinhos nestes períodos. Hotéis devem ser evitados, pois na maioria, o animal fica preso em gaiolas e sem a presença do dono pode entrar em depressão. Repare que na época das festas e em julho o número de animais nas ruas é muito maior. É que boa parte da população não tem o que fazer com seus mascotes e acaba soltando-os na rua.


Companhia

Os animais sentem tristeza assim como os humanos e muitos sofrem de depressão. Se você trabalha fora o dia todo e quer um bichinho pense que ele também vai precisar de atenção e companhia. Você precisa separar um tempo todo dia só para brincar e dar atenção para ele. Muitas vezes é melhor ter dois bichinhos de uma vez.


Crianças

Se o seu filho quer um animalzinho, mas ainda é muito pequeno, então lhe dê um bichinho de pelúcia e continue incentivando o amor pelos animais, até que ele esteja maduro para poder se responsabilizar pelo animal e tratá-lo bem.

Agora que você já sabe das responsabilidades, pode pensar melhor se está pronto para ter um bichinho. E se estiver, então boa sorte, porque dá trabalho, mas é recompensador. Nada como chegar em casa e saber que você é esperado por alguém que sentiu saudades suas, e que não vê a hora de brincar, se enrolar e dormir quentinho ao seu lado.
Feliz dia das crianças para todos!

Fonte: Itodas

Nenhum comentário: