E agora?


Trabalho o dia inteiro, inteiro mesmo - de 07:45 às 17:53, e às vezes até mais tarde - por não encontrar perto da minha casa escolinha que aceitasse os dois, já que o mais novo ainda tem 5 meses, e eu não desejar deixá-los separados, quem se dividia na tarefa de tomar conta deles, eram a esposa do meu tio e minha irmã, pagava as duas para cuidarem deles enquanto eu trabalho, mas desde ontem à noite soube que não terei mais quem cuide deles pela manhã - horário que cabia a mulher do meu tio. Ela está ficando muito cansada, e diz que o menor dá muito trabalho, chora muito e, em resumo, ela não está dando conta.


Melhor assim! Melhor dizer logo que não dá conta a deixar eles mal tratados por lá. Não digo mal tratados no sentido de fazer maldade, mas no sentido de deixar de fazer coisas boas, entende? Não deixar jogado, não deixar chorando sem dar solução, carinho e atenção.


Entendo a situação dela, sei que criança de 5 meses exige mesmo muito da gente. E ele é muito apegado a mim, tem dias que fica sozinho numa boa, mas tem dias que nem meu marido resolve - tem que ser eu. Tem momentos que basta eu olhar e fazer qualquer brincadeirinha com ele de longe que ele fica todo feliz, pára de chorar e fica rindo à toa.


Mas estou sem outra alternativa. Tenho que conseguir alguém logo, e isso não é uma tarerefa fácil. Tenho que repassar pelas escolinhas da redondeza e ver se tem alguma que os aceite, e que tenha uma estrutura legal, que os trate bem, cuide bem deles, pelo menos no período da manhã, pelo menos até resolver minha situação no trabalho - com mais essa agora, minha decisão de parar de trabalhar, temporariamente, ou procurar algum trabalho com uma jornada menor, está mais fácil de ser tomada.


Hoje quem vai tomar conta deles é minha mãe: posso imaginar seu sufoco estando sozinha com os dois, pois ela é muito medroza, qualquer chorinho e perde o controle da situação. Torço para que eles fiquem bonzinhos hoje, que sejam só sorrisos, que durmar bem, que não fiquem muito agitados e que ela não precise me ligar desesperada, pois se não ficarem bem, segunda feira vou ter arrumar outra pessoa. Ai ai ai...

Comentários

Franciely disse…
Estarei torcendo por você!!!
Deus tem o melhor para eles, agora ele vai dirigir tudo pra que você arrume uma pessoa bem legal pra olhar os seus fofuchos.

Abraços...

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Nada pela metade