Sobre festa pra descasar


É com muita tristeza que faço o seguinte comentário sobre a moda que tem ganhado espaço nos nossos dias.

Festa pra anunciar divórcio? Comemoração pra reiniciar vida? Fiquei chocada!

Sou casada há 8 anos e meio, e não vou negar, tivemos dificuldades das mais variadas, passamos muitas lutas, brigas e desentendimentos, mas sempre existiu boa vontade em si entender e em preservar nosso amor, que vem de Deus e é sim muito grande, assim como as adversidades que enfrentamos.

Apesar de ser enamorada do movimento Casados para Sempre - que mudou minha forma de ver essa aliança maravilhosa que é o casamento, sei que existem situações em que continuar casados é insustentável, e somente por um milagre de Deus é que seria possível, mas daí a comemorar o fim é uma distância enorme. Ao menos pelo respeito ao sentimento que um dia os uniu essa comemoração não deveria nem mesmo ser cogitada, quanto menos aplaudida por tantos.

Fico triste em ver como o ser humano tem mudado os projetos de Deus para sua vida. Fico decepcionada com a atitude de pessoas que num dia se sentem apaixonadas, prometem amor eterno, se casam e na primeira incompatibilidade de gênios ou mesmo de agenda desfazem tudo. Se não estão dispostos a si doar que nem mesmo se enlacem - casar não é um contrato pra fazer e desfazer a toda hora como se fosse descartavel. É pra envolver amor, respeito, é pra dar de si e cultivar a paixão e o amor pra que cresçam e não para que minguem como temos visto frequentemente. As feridas causadas nas almas de quem fica nesse ioiô e para os que estão à roda, principalmente, para os frutos desse vai e vem, são lastimáveis e poderiam ser evitadas. E se prevenir é o melhor remédio: não se case só pra cumprir formalidades, apenas se tiver certeza do que quer e de que vai fazer o possível pra dar certo, pra ser feliz e de que o sentimento pelo qual está sendo movido é verdadeiro e capaz de te fazer crescer junto com o outro.

Sou apaixonada e muito feliz com meu marido e nossos filhos, e sei do que estou a falar, é sim possível manter acesa e até aumentar a chama do amor, apesar de toda rotina e casualidades, quando o que se sente é verdadeiro e se deseja, realmente, de todo o coração, ser um. E é bom. É muito bom ter com quem dividir tudo na vida, somar empenho e multiplicar felicidade.

Pense nisso! Não se precipite e seja feliz!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Sobre mentiras e verdades