Um dia de cada vez


Essa é a chave! Viver cada dia da nossa vida como se fosse o último.

Fomos formados do pó e ao pó tornaremos, nossa existência se compara a um vento, que passa rapidamente pela face da Terra.

Então por que viver de planejar e se preocupar? Vivamos cada dia como se não existisse amanhã. Pois o amanhã não nos pertence e não sabemos de verdade o que será - por mais que o planejemos e sigamos nossos planos, somos regidos pela sábia vontade de Deus, e só a Ele cabe saber do futuro. Vivamos então, com muita intensidade o hoje.

Vi uma matéria no Programa Ação, do Serginho Groisman sobre uma casa de apoio a crianças com câncer e suas famílias e fiquei pensando em como essas pessoas que ajudam esse projeto e acompanham essas crianças são privilegiadas, em como aprendem em um dia o que muitos de nós só descobrirá ao final da jornada: que o que vale é o hoje. Elas estão com uma doença arrasadora, que tira de muitas a vida bem antes que elas percam a inocência da infância, mas estão sempre a sorrir, não se preocupam com o que lhes vai acontecer, e exatamente por essa razão, suas chances de cura são bem maiores que as vistas em adultos com as mesmas enfermidades.

Sejamos como essas criaturas tão alegres, apesar da adversidade.

Aproveitemos ao máximo todos os dias e momentos com os quais a vida nos presenteia.

Sejamos como luz - irradiando sorrisos que atrairão outros sorrisos.

Valorizemos cada instante que recebemos e saibamos ser gratos por tudo.

Seja pelas dificuldades que nos fazem crescer, pelas conquistas que colecionamos ou simplesmente pela maravilhosa oportunidade de presenciar mais um nascer do sol.

Somos o que pensamos e temos a incrivelmente grande capacidade de somatizar coisas: então o façamos para o nosso próprio bem e para ser mais felizes.


Obrigada Senhor, por mais um lindo dia!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Nada pela metade