Sobre a sabedoria


"A sabedoria torna bons os homens. A simulação da sabedoria torna-os péssimos."

(Juan Luis Vives)


Já passou por alguma situação em que todos a sua volta queriam te dar conselhos e, principalmente, decidir por você, dizendo ter certeza do que deveria ou não ser feito e como?

É terrível como alguns dos mais próximos da gente acham que são tão sábios, que conhecem tanto da vida, que realmente acreditam que o que eles acham que é o melhor é realmente o melhor. Pior, muitas vezes, nem a vida deles anda certa, nem mesmo eles são felizes usando dessa tal sabedoria que dizem ser dotados, mas se metem a dizer de que jeito devemos conduzir nossos esforços e de que maneira devemos viver para sermos felizes.

Quem sabe o que é felicidade pra mim sou eu! E pra mim ser feliz não é alcançar algo que tanto espero, isso pode até me dar muita alegria momentânea, mas passada a euforia, se acaba. Felicidade pra mim é perseguir meus alvos sem me sacrificar demais, tendo prazer na caminhada, estando junto dos que me amam, me alimentando bem, me divertindo e tornando a dura rotina de cada dia menos massante e mais leve. Fazendo cada vez mais coisas de que eu gosto, trabalhando pra viver e vivendo um dia de cada vez, sem valorizar mais o futuro que o agora, porque o que eu tenho mesmo é o hoje, e o amanhã, já entreguei ao Senhor. É Ele quem me conduz, e somente Ele sabe do meu futuro.

Quem sabe como viver feliz também sou eu e, muitas vezes, posso errar, tentando acertar, mas aprendendo a viver da forma que me satisfaz. À minha maneira. Sem me preocupar demais, porque tudo entreguei ao Senhor, e n´Ele todas as coisas são possíveis. E em Sua palavra Ele diz que nos dará o pão nosso de cada dia, então, pra que viver do pão de amanhã?

Isso pode incomodar aqueles que seguem fórmulas rígidas demais, que tornam suas vidas tão sacrificantes em prol de um bem material que nem sabem se terão saúde pra aproveitar. Que fazem do seu dia-a-dia apenas um caminho, não se importam em ter qualquer prazer hoje, pois concentram toda sua esperança num dia que vai chegar, no momento em que vão comprar o carro tal, e aí sim, serão felizes, não importando que para isso tenham passado a vida inteira se alimentando mal, se privando de toda diversão, deixando de comprar uma roupa ou mesmo uma comida melhor porque tudo tem de ser com esforço, tem de viver sempre apertado, porque o que importa é juntar o vil metal.

Peço a Deus que dê a essas pessoas a chance de aprenderem em tempo de mudarem. Porque muitos só mudam, só se conscientizam de que a vida aqui é passageira tarde demais. Muitos quando estão em leito de morte é que se arrependem do quanto foram duros com seus filhos, de como não se divertiu com eles, como não os disse que os amava, de como juntou juntou e só nessa hora se lembrou de que caixão não tem gaveta, e que daqui a gente não leva nada material, de como foi insensível à necessidade dos outros enquanto apenas julgava suas ações por suas medidas tão cruéis.

Peço a Deus, também, que dê a essas pessoas a capacidade de adquirir o que tanto desejam pra que parem de sentir inveja de quem já chegou lá. Pra que se importem menos com a vida alheia, e quem sabe, até sejam capazes de amar ao próximo como a si mesmo, algo tão raro de encontrar, pois fácil mesmo é apontar defeitos e derrotas, dizer como deve fazer, difícil é encontrar quem se alegra com os que cantam, quem chora com os que choram. Acham-se melhor que os outros, mais sábios, superiores e que não precisam compartilhar nada - uma pena! Porque uma das coisas que mais traz felicidade genuína, e que não passa, é o compartilhar - sem medos, sem reservas, dando e recebendo amor, suporte, orações, se alegrando junto e chorando junto, quando necessário.

Se você é sábio sobre seus próprios olhos: cuidado! Quem é realmente sábio o é pelos olhos dos outros, e se torna uma pessoa melhor, um homem bom. Quem é sábio apenas sob seu próprio conceito se torna cada dia pior para os que convivem com ele, e principalmente, para si mesmo.


"O temor do Senhor é o princípio da sabedoria." Provérbios 9:10

Comentários

Polêmica disse…
Oi Vi...adorei esse texto, muito gostoso de ler!
Para mim, a felicidade verdadeira é encontrada durante a caminhada e não somente quando alcançamos o alvo, ou seja, temos que ter alegria, prazer durante todos os dias em que caminhamos rumo ao nosso sonho, todo esse processo de busca deve ser alegre e prazeroso, essa é a verdadeira felicidade para mim. Temos que ter sabedoria para antes de opinar na vida dos outros pois, todos sabem o que querem buscar e o que os fazem felizes! Que Deus nos dê essa sabedoria e nos ajude a aprender com os nosso erros e com os erros alheios também.

Beijão!

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Faça o bem e dê amor