Esperança


Não sei como descrever, exatamente, o que sinto e passo nesse momento tão dúbio, tão ambíguo e de compreensão difícil. Pra não errar nas palavras e deixar parecendo algo que não quero que pareça, por temer não me explicar bem, e me deixar guiar por emoções confusas dentro de mim, só sei dizer que, sinto-me assim: triste por tantos erros e desencontros, feliz por reconhecer e querer mudar e, cheia de esperança por acreditar que existem saídas, soluções, recomeços, continuidade, mudança.

Depois digo direitinho, conto tudo. Adianto que estou tentando retomar os estudos, e preciso de uma dose extra de força e bençãos, pois não será nada fácil, mas também não é impossível.

Tudo posso Naquele que me fortalece! Orem por mim! Mesmo onde não há caminho, Deus faz existir.

A música da post anterior mexe comigo...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Sobre mentiras e verdades