segunda-feira, 27 de abril de 2009

Louvar é bom demais!

Trabalhando demais e com uma dor de cabeça que me impede de estar bem humorada, não posso deixar de dizer quão feliz estou com o Senhor. A vida não está perfeita, pra dizer a verdade, está bem bagunçada, cheia de arestas a serem cortadas, barreiras a serem transpostas e, planos, muitos a sair da gaveta, mas estou tão feliz, simplesmente, por ser quem sou. Não sou a melhor pessoa do mundo, não é isso. É exatamente por não ser nada em especial, mas ser tão especial pra meu Deus – que pode todas as coisas por me amar e ter uma misericórdia enorme, que estou feliz.

Depois de mais uma semana de correria: casa, trabalho, esposo, filhos e um fim de semana de muita arrumação em casa, ontem, o culto foi benção pura, o prazer de estar na presença de Deus venho como um bálsamo suave e tirou-me o peso dos ombros, abriu meus olhos para enxergar novamente o alvo, destampou meus ouvidos pra escutar a voz do Espírito Santo e ser impactada pela revelação da palavra de Deus.

Ministrei músicas lindas e minha mente está sendo transformada pela palavra de Deus. Cantar louvores ao Senhor e levar a igreja a adorar ao Senhor comigo é algo que me dá tanta alegria que mal consigo descrever. Sei que sou pequena, falha e que Deus não precisa do meu louvor, pois Ele tem cantores de qualidade muito superior, além de Seus anjos, que o adoram sem cessar. Mas eu, eu necessito adora-lo! Simplesmente e totalmente, sou dependente de adorá-lo. Pode parecer estranho, “precisa por quê?”.  Preciso porque é o que eu posso dar de melhor pra meu Deus, meu Pai, meu Senhor. E isso me renova e me enche de alegria, de paz, de amor, me faz transbordar, me completa, me sara e me leva a me render cada dia mais.

Obrigada Senhor! Porque me escolhestes! Aleluia!

 

Lembrei da música da Aline Barros, do DVD que meu assiste dezenas de vezes seguidas: “Louvar é bom demais!”. É mesmo!

 

Nenhum comentário: