Eu vou!


Terrível coisa é precisar ser menos que se é
Mas tenho tanta certeza de quem sou e do meu valor
Que isso não me machuca, apenas entristece
Quero e posso produzir bem mais que tenho espaço
Mas por questão de sobrevivência me calo e vou devagar
E se devagar se chega ao longe
Dá-me, Senhor, sabedoria pra por isso passar
Porque paciência não peço mais
Não preciso e já sou mestre no quesito
De tanto por tribulação passar e respostas esperar
Preciso agora é de grandes ideias, de muita atitude e garra
E de uma generosa dose de sorte: estar na hora e local certo
Fazendo a coisa certa e sendo a pessoa certa
Eu vou!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Nada pela metade