Aprender mais e sempre

 

Tenho fome de aprender e não é só o que os livros podem ensinar

Mesmo assim os devoro, frequente, intensa e vorazmente

Me delicio por livros cheios de nuances, de pessoas, de inesperado e até de coisas óbvias

De verdade, de ficção e crio imagens de cada personagem e de quem os criou

Gosto de metáforas e também do que é dito na lata

Me alimento ainda mais pela união das letras com o conhecimento humano

Pessoas são complicadas, diferentes, às vezes repulsivas e noutras uns amores

Não importa quem seja, que cor, religião ou formação, sempre dá pra aprender algo

Certo que às vezes aprendo que é um modelo a não ser seguido

Mesmo assim ainda é aprendizado, não é?

Melhor aprimorar a capacidade de aprender com o erro dos outros que só com os meus

Sou expressiva, comunicativa, extrovertida e tenho a mente e o coração abertos

Sei que não sou dona da verdade, e que minha própria verdade muda

A medida que vou aprendendo mais eu me reciclo

Tem coisas em mim que não se alteram, algumas coisas fazem parte do que sou

Mas se estou sempre em metamorfose, não digo nunca nem jamais, apenas sigo

Caminho me revelando e descobrindo o que os outros e o resto mundo também seja

Riqueza é saber que nada sei e estar sempre buscando saber um pouco ou tanto a mais

Amo muito amar tudo isso! A vida!

Comentários

Claudia disse…
Adorei o texto, as ideias!
bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Faça o bem e dê amor