terça-feira, 1 de setembro de 2009

Sono que me faz flutuar

Pessoas, eu tenho sido a pessoa mais sonolenta do mundo desde que as aulas recomeçaram
Não está nada fácil assistir aula até as 22:30 tendo levantado da cama antes das 6 da manhã
E quem disse que na vida alguma coisa é fácil, hein?
E quem é que dá valor ao que vem sem muito esforço?
Não reclamo do sono e cansaço, não.
Apenas esclareço que tem momentos em que quase flutuo,
"Viajo na maionese", fico aérea e meio songamonga - mesmo!
Então se escrever alguma bobagem avisem, não me levem a mal
E pensem que a pobre aqui está precisando dormir muito e até acordar.
Preciso contar que amo muito os três homens da minha vida - e que ficar longe deles a semana toda é angustiante, quase uma ferida em mim. Que abraçá-los enquanto dormem é reanimador e me acalenta, que a espera pelo sábado e domingo inteiros com eles me dá forças pra não esmorecer, e faz compreender o valor do meu tempo e do final de semana.
Obrigada Senhor, por cada sorriso e abraço, por cada olhar e carinho, por cada momento e reencontro.

2 comentários:

Renata disse...

Que linda essa declaração de amor, flor!

Parabéns pelo esforço... segue firme que tudo vai valer a pena!


Beijokas

Bruna de Carvalho disse...

É linda mesmo!!
bons pensamentos no seus post´s.!:D
visita o meu tbm!!
http://brunaeaks.blogspot.com/