segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Amor Incondicional


Final de ano é sempre a mesma coisa: a gente refaz planos, coloca na balança o que conseguimos alcançar, quantas pessoas se foram, quantas passaram a ser importantes, quais os próximos passos na carreira, o que é que a gente quer com mais intensidade - já que a sempre queremos mais e mais.

Estou nessa de não me aguentar de tantas vontades. Quero mudanças. quero conclusões, quero retormar planos, quero ser mais eu, mais inteira, menos complicada, mais feliz e ter mais qualidade de tempo com meus amores.

Mas é muito difícil: nos prendemos a erros do passado, não nos curamos de mágoas e seguimos com frustrações, cheia de incertezas quanto ao futuro, pouco tempo tenho a me dedicar de venrdade, inteira e intensamente ao presente, ao agora, ao hoje, ao que realmente importa.

De que vale o passado se já passou e o que resta é que agora sou?

De que adianta focar tanto no futuro se deixo de investir em quem sou e isso faz com que eu me torne menos que desejo?

Certa estou de que a única coisa que me importa é o amor de Deus!

Sim! Não é demagogia nem religiosidade! É fato mesmo!

Deus é a única pessoa que não me joga na cara as falhas cometidas, que me perdoa e lança no mar do esquecimento toda minha culpa e maldade.

Deus é o único que me aceita, me entende e acredita em mim, apesar de me conhecer como verdadeiramente sou e saber que sou ainda pior do que os olhos vêem.

Deus tem por mim amor maior que posso amar. Cuidado maior que posso imaginar. É incondicional! É real! E é por vocês também!

E não é só nesses dias que a gente já fica de coração mais mole, não. O amor de Deus é imenso e indescritível todos os dias do ano.

Aceite esse amor e viva essa verdade! Se renda!


Inciondicional - Oficina G3


Troquei as cores, ao redor pra te mostrar
Criei formas, pra fazer você ver e entender
Eu tentei falar, dando sons a minha voz
Você não me ouviu, mas continuo a te esperar

Eu acredito em Você
Ouça a minha voz
Te estendo minhas mãos
Meu amor é incondicional

Quero fazer, nascer o sol de um novo dia pra você
Trazer a minha luz, pra te mostrar os meus caminhos
Eu vou estar sempre aqui esperando por você
Eu não me cansarei de te mostrar...

Que eu acredito em Você
Ouça a minha voz
Te estendo minhas mãos
Meu amor é incondicional

Quanto tempo mais?
Qual a prova maior, que a cruz?
Me entreguei por ti, esta é a prova maior, de amor...(2x)

Eu acredito em Você
Ouça a minha voz
Te estendo minhas mãos
Meu amor é incondicional.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Sem ar...

A luz que eu enxergava agora por pouco não me cega,
não consigo ver além das minhas dificuldades e limitações, muitas coisas não estão esclarecidas,
sonhos confusos me fazem rolar na cama e não é preciso álcool pra ver o teto rodar, pois estou confusa.
Confusa! Perdida! Aflita! Angustiada! Ferida!
Muita coisa que espero não quero mais esperar.
Muita coisa que vejo muito já me fez a paciência faltar.
Falta-me espaço, falta verdade, falta confiança, falta clareza,
Ffalta certeza, falta grana, falta coragem, falta, falta, e me sinto sem ar...
Sem direção apesar de saber exatamente onde quero chegar.
E você, meu porto seguro, minha paixão, meu amor,
É quem me norteia, me acalenta, me incendeia e também me traz sossego,
É de quem espero colo, dengo, conforto e tudo o que mais queremos: Realização!
Já! Agora! Fé! Tudo já deu certo! Tudo a gente vai alcançar...
Sem medos, sem brigas, sem pedaços, inteiramente sua.
Por amor... é o meu amor!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Sol e chuva em minh´alma




Dia chuvoso, brisa fria e sonolenta
Vontade de sol e claridade
Sair, brincar e dançar
Porque assim, fechado, nublado e calado
Mais parece ser que estamos em Finados
Chega! Chega de cair essa água que mata e machuca
Que tira sonhos e apreensivos nos deixa
Que faz escorrer planos e perder as estribeiras
Que molha além do que pensamos precisar
Por acaso o que eu acho vale? Sei eu de que tanto chuva careço?
Se nem sei bem do que é que preciso
Se quero tanto tantas coisas
Se minhas noites estão confusas
Se acordo pensando que as 24 horas não me bastam
Se adormeço calculando até pensamentos pra fugir da escassez
Se repito a mesma música em silêncio
Se lamento cada perda e me pego chorando sem motivo
Se comemoro como adolescente cada recomeço e rio sozinha sem explicação
Se pareço uma mulher resolvida, mas internamente estou em guerra
Que sei eu da chuva, então?
Apenas que lá no Amazonas faria mais bem que aqui, ao menos hoje
Que o sol brilhando e queimando secaria até minhas memórias
Tiraria o cheiro de "cachorro molhado" e daria menos tempo pra ficar melancólica
Tô pensando que alguma coisa em mim está a um passo de renascer...
O sol bem que podia chegar e apressar isso...
Minha alma aguarda cheia de expectativa...
Alma sim! Profundo! Bem dentro! Assim como tudo que amo: intenso!
Porque "Morno não faz nem chá"
Anseio...

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

High Hopes

Essa música, essa letra...
Tudo! Me deixa emocionada....

ALÉM DO HORIZONTE DO LUGAR EM QUE VIVEMOS QUANDO CRIANÇA
EM UM MUNDO DE IMÃS E MILAGRES
NOSSOS PENSAMENTOS EMANAVAM CONSTANTES E SEM FRONTEIRAS
O SOAR DO SINO DA DIVISÃO COMEÇOU
AO LONGO DA GRANDE ESTRADA E SEGUINDO PELA CALÇADA
ELES AINDA SE ENCONTRAM COM A CORTE
HAVIA UM BANDO DE MALTRAPILHOS QUE SEGUIAM NOSSOS PASSOS
CORRENDO ANTES QUE O TEMPO LEVASSE NOSSOS SONHOS EMBORA
DEIXANDO UMA MIRÍADE DE PEQUENAS CRIATURAS
TENTANDO NOS AMARRAR AO CHÃO
PARA UMA VIDA CONSUMIDA PELA DEGENERAÇÃO LENTA

A GRAMA ERA MAIS VERDE
AS LUZES ERAM MAIS BRILHANTES
COM AMIGOS POR PERTO
AS NOITES MARAVILHOSAS

OLHANDO ALÉM DAS PONTES EM BRASA RESPLANDECENDO ATRÁS DE NÓS
PARA VER POR UM RELANCE O QUÃO VERDE ERA O OUTRO LADO
PASSOS TOMADOS ADIANTE MAS SONÂNBULOS VOLTAMOS
DRAGADOS PELA FORÇA DE UMA MARÉ INTERIOR
EM ALTA ALTITUDE COM BANDEIRA DESFRALDADA
ALCANÇAMOS AS ALTURAS INEBRIANTES DAQUELE MUNDO DE SONHOS

ENCLAUSURADO PARA SEMPRE POR DESEJO E AMBIÇÃO
EXISTE UMA FOME NÃO SATISFEITA
NOSSOS OLHOS DESGASTADOS AINDA FITAM O HORIZONTE
APESAR DE PASSARMOS TANTAS VEZES POR ESSA ESTRADA

A GRAMA ERA MAIS VERDE
AS LUZES ERAM MAIS BRILHANTES
O GOSTO ERA MAIS DOCE
AS NOITES ERAM MARAVILHOSAS
COM AMIGOS POR PERTO
A BRILHANTE BRUMA DA MANHÃ
A ÁGUA CORRENDO
O RIO SEM FIM

PARA TODO SEMPRE.

De volta com Nightwist, música linda do Pink Floyd... o tempo passa tão rápido, não é? Parece que escutei ontem pela primeira vez...