Sem ar...

A luz que eu enxergava agora por pouco não me cega,
não consigo ver além das minhas dificuldades e limitações, muitas coisas não estão esclarecidas,
sonhos confusos me fazem rolar na cama e não é preciso álcool pra ver o teto rodar, pois estou confusa.
Confusa! Perdida! Aflita! Angustiada! Ferida!
Muita coisa que espero não quero mais esperar.
Muita coisa que vejo muito já me fez a paciência faltar.
Falta-me espaço, falta verdade, falta confiança, falta clareza,
Ffalta certeza, falta grana, falta coragem, falta, falta, e me sinto sem ar...
Sem direção apesar de saber exatamente onde quero chegar.
E você, meu porto seguro, minha paixão, meu amor,
É quem me norteia, me acalenta, me incendeia e também me traz sossego,
É de quem espero colo, dengo, conforto e tudo o que mais queremos: Realização!
Já! Agora! Fé! Tudo já deu certo! Tudo a gente vai alcançar...
Sem medos, sem brigas, sem pedaços, inteiramente sua.
Por amor... é o meu amor!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Sobre mentiras e verdades