terça-feira, 30 de março de 2010

A parabóla da indescisão


Havia um grande muro separando dois grandes grupos.
De um lado do muro estavam Deus, os anjos e os servos leais de Deus.

Do outro lado do muro estavam Satanás, seus demônios e todos os humanos que não servem a Deus.

E em cima do muro havia um jovem indeciso, que havia sido criado num lar cristão, mas que agora estava em dúvida se continuaria servindo a Deus ou se deveria aproveitar um pouco os prazeres do mundo.
O jovem indeciso observou que o grupo do lado de Deus chamava e gritava sem parar para ele:
- Ei, desce do muro agora... Vem pra cá!

Já o grupo de Satanás não gritava e nem dizia nada.

Essa situação continuou por um tempo, até que o jovem indeciso resolveu perguntar a Satanás:-

O grupo do lado de Deus fica o tempo todo me chamando para descer e ficar do lado deles.

Por que você e seu grupo não me chamam e nem dizem nada para me convencer a descer para o lado de vocês?
Grande foi a surpresa do jovem quando Satanás respondeu:

É porque o muro é MEU.

Nunca se esqueça: Não existe meio termo. O muro já tem dono.

Calendário de vacinação: InFluenza H1n1

Não podemos descuidar com as datas, hein? Vamos ficar atentos ao calendário e levar nossos filhos, avós e nós mesmos para o posto de vacinação.

Afinal, a "gripe suína" continua fazendo vítimas por aí...

segunda-feira, 8 de março de 2010

Alma de Mulher - Fátima Ayache


Nada mais contraditório do que ser mulher...

Mulher que pensa com o coração, age pela emoção e vence pelo amor.

Que vive milhões de emoções num só dia e transmite cada uma delas, num único olhar.

Que cobra de si a perfeição e vive arrumando desculpas para os erros daqueles a quem ama.

Que hospeda no ventre outras almas, dá a luz e depois fica cega,

diante da beleza dos filhos que gerou.

Que dá as asas, ensina a voar mas não quer ver partir os pássaros,

mesmo sabendo que eles não lhe pertencem.

Que se enfeita toda e perfuma o leito,

ainda que seu amor nem perceba mais tais detalhes.

Que como uma feiticeira transforma em luz e sorriso as dores que sente na alma,

só pra ninguém notar.

E ainda tem que ser forte,

pra dar os ombrospara quem neles precise chorar.

Feliz do homem que por um dia souber entender a Alma da Mulher!

domingo, 7 de março de 2010

Vida nova!

Esse texto não deve mesmo sair!
Por 2 vezes o fiz e quando fui formatar o perdi num clique.
Então perdeu a graça refazer, fica apenas pra contar que estou vivendo nova vida e amando. Não tenho palavras pra agradecer a Deus todas as maravilhas! Outro dia conto mais de mim e dessas mudanças que estão ocorrendo de dentro pra fora, e alcançando proporções gigantescas e muito prazerosas.