terça-feira, 25 de maio de 2010

Tô com sono!


Muitas coisas mudaram na minha vida desde a maternidade, e a mais marcante não foi o manequim - apesar de isso também ser bastante notável. O que mais estranho é o sono quebrado, interrompido por diversas vezes que me levanto pra cobrir meus pequenos em noites frias ou quando estão doentinhos.

Essa época do ano ocorre simultâneamente, ora me levanto porque estão enjoadinhos, ora porque escutei um movimento brusco que logo reconheço ser um chute das cobertas, seguido de possível resfriado, o que me levaria ao primeiro motivo novamente.

Se ficar o bicho come e se correr o bicho pega, né!

Minhas olheiras saltam, a pele fica sem brilho e a paciência começa a faltar.

Fico seletiva e nada tolerante. Preciso dormir bem essa noite senão vou dar um troço!

Falo sério! São mais de 15 dias dormindo picadinho, acordando com as costas doendo, e a cabeça com a estranha (ou melhor, já conhecida sensação) de que não preguei o olho nadinha.

Socorro!!! Vou dar um chazinho calmante, agasalhar bem meus pequenos e dormir a noite toda - se Deus quiser!

Tem outra opção, vinda pelo meu maridão - comprar uma cama gigante e aninhar todos, como uma galinha e seus pintinhos mesmo. Morro de rir!

Como diz uma famosa propaganda por aí "Amo muito tudo isso!". E amo mesmo! Apesar do sono, cuidar desses lindos me dá uma satisfação enorme...

Nenhum comentário: