Religião não se discute?



Religião não se discute? Acho que o que não se discute é a fé de cada um. 

Eu sou cristã, pauto-me por seguir os ensinamentos de Cristo e não gosto de rotular evangélicos ou católicos, porque no final das contas, o mandamento que as duas religiões se propõem a seguir é o mesmo: a Bíblia Sagrada, com diferenças de interpretação tão mesquinhas que não deve compensar a briga toda. Sobre os Espíritas, Mulçumanos, Budistas, Ateístas, Agnósticos e demais religiões, eu não posso dizer mais do que sei de pessoas com as quais convivo, e que, são pessoas maravilhosas. Isso me diz que caráter, gentileza, humanidade e decência independem da fé, dependem de cada pessoa mesmo. Ora, pessoas são boas quando querem e péssimas quando optam pelo lado negro.

Voltando ao Cristianismo: pessoas cometem atrocidades em nome da fé? Não concordo! Pessoas cometem atrocidades usando-se da fé de outras pessoas nelas, não da fé que elas têm em Deus. Porque Deus não é Deus de confusão. Jesus é a luz. E aqueles que O seguem vivem na luz.

Pessoas manipulam outras pessoas que são menos esclarecidas, estão mais carentes, ou têm algum sentimento de inferioridade ou necessidade, mesmo que momentânea. E como muitas pessoas não têm vontade de ler a Bíblia e estudá-la, de procurar ter um relacionamento de busca do conhecimento de quem é o Deus que eles dizem acreditar aparecem pessoas que dizem conhecer demais a pessoa de Deus e escutar a voz dEle todo dia dando ordens a respeito dessas pessoas que não O estudam nem O conhecem. O resultado disso? Exploração. Abusos. E toda sorte de coisas ruins.

Não sou a maior conhecedora de Deus, mas bastante persistente em conhecê-lo através do que Ele nos deixou como base para conhecê-lo: Sua palavra (a Bíblia) e através de experiências pessoais. Experiências pessoais têm esse nome porque são pessoais, eu posso até contá-las para reforçar sua fé em Deus, através do cuidado que eu acredito que Ele tem com a minha vida, mas cada pessoa precisa buscar suas próprias experiências de fé. “A fé vem pelo ouvir, e pelo ouvir a palavra de Deus”.

Revolta-me ver pessoas que se dizem desta ou daquela religião cometendo crimes e dizendo que fez porque Deus mandou. E pior que isso, encontrando muitos que os defendem e dizem que se foi Deus que mandou ele tinha de fazer. Está certo que ninguém é perfeito. Eu também não sou. E mesmo tendo a minha fé podem acontecer deslizes, erros, atitudes que são pecado aos olhos de Deus e do próximo. Mas jamais poderei dizer que Deus me mandou errar ou maltratar alguém. 

Deus não manda ninguém errar! Ele é a própria verdade, justiça, perfeição e amor. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corte do cabelo da Priscila Fantin passo-a-passo

Ain't Got No / I Got Life

Faça o bem e dê amor